A Hierarquia da Invisibilidade

Livros

A Cortez Editora lançou mais um volume da sua Coleção Preconceitos. O livro “Preconceito contra homossexualidades – A hierarquia da invisibilidade” (valor médio R$ 17,90), de Marco Aurélio Máximo Prado e Frederico Viana Machado. Marco Aurélio é doutor em Psicologia Social pela Pontifica Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e Frederico é um estudioso com experiência em Psicologia Social e Política, com ênfase em identidade coletiva, movimentos sociais e gênero. O livro possui 144 páginas onde é analisado o preconceito contra gays sob os pontos de vista histórico, político e social para demonstrar que a homossexualidade foi criada para ser mais um dos mecanismos de manutenção das classes dominantes.

A Coleção Preconceitos oferece em linguagem clara e acessível, novas abordagens que tratam, com rigor e objetividade, de questões que estão na raiz de várias injustiças sociais. Os preconceitos tentam naturalizar desigualdades sociais, multiplicando estereótipos que menosprezam a diversidade cultural, a diversidade de escolha, as marcas do corpo e a construção social das identidades culturais. Os autores traçam um panorama do desenvolvimento das opiniões públicas sobre elas através dos discursos históricos sobre a diversidade sexual com base em estudos de autores como o revolucionário Alfred Kinsey.